Tudo o que você precisa saber para criar uma equipe focado em resultados!

Nesse texto você verá como criar uma equipe focada em resultados, gerar vendas e alcançar metas é um trabalho contínuo.

equipe focada em resultados

Criar uma equipe focada em resultados sem dúvidas é um grande desafio.

Gerar vendas e alcançar metas é um trabalho contínuo e requer bastante dedicação e esforço da equipe envolvida. E ter um bom time de vendas é o que faz a sua empresa ser líder, ter destaque e obter sucesso.

Além da preocupação na hora de criar uma equipe focada em resultados é necessário ter a noção que gerenciar um grupo é bastante diferente de lidar com pessoas no dia a dia. Diferente do cotidiano, onde nossas emoções costumam falar mais alto, no ambiente profissional é necessário ter bastante paciência e agir de forma racional.

A pressão por resultados é constante. Qualquer vacilo pode custar toda a meta!

Por todos esses desafios, estamos escrevendo sobre o tema com o objetivo de ajudar o seu negócio a crescer.

Primeiro passo para criar uma equipe focada em resultados é: Cultura.

Muitas pessoas não dão o devido valor para esse ponto. Muitas até reconhecem sua importância, mas isso apenas não basta, é preciso levar a sério pois é só assim que seu time atingirá bons resultados.

Ter um time bom de vendas e metas bem estabelecidas são essenciais, mas o que move e motiva a equipe é a cultura, que deve ser fundamenta em um propósito.

Você já deve ter escutado isso mais de uma vez, não é mesmo?

Agora se pergunte: o porquê isso é repetido tantas vez?

Sinceramente… É por que realmente é muito importante!

Uma cultura que estimule o seu time para que não apenas trabalhem por obrigação, mas por propósito é algo que definitivamente pode mover montanhas.

Possuir uma cultura que incite a internalização da missão do negócio pode ser um verdadeiro combustível que fará com que as pessoas trabalhem motivadas e maneira sincera, se tornem verdadeiras resolvedores de problemas e consequentemente batam suas metas e assim gerem resultados, a grande questão é que esse trabalho demanda um trabalho de liderança e investimento em pessoas muito forte.

Lembre-se: a chave para a maioria de seus problemas será o quanto e como você trabalha a sua equipe.

Escolha as pessoas corretas que irão fazer sua empresa bater metas!

Para você selecionar essas pessoas você deve fazer um Processo Seletivo muito bem estruturado. O CEO  do LinkedIn, Jeff Weiner em uma palestra recente a empreendedores coberta pelo site da revista Inc., o executivo explicou como o modelo de recrutamento de sua companhia mudou nos últimos anos, e revelou um mantra de apenas três palavras que passou a conduzi-lo na procura por talentos: “Competências, não diplomas”.

A forma de seleção vem mudando, diversas empresas analisam as competências técnicas para o cargo mas também estão dando uma atenção privilegiada pela paixão pelo trabalho, o brilho nos olhos, a perseverança, a lealdade e a mentalidade de crescimento.

O que importante se destacar que existem 3 tipos de recrutamento:

  • Interno: São recrutadas as pessoas que trabalham na própria empresa, aproveitando o capital humano já existente que serve como grande fator de retenção e motivação.
  • Externo: Tem como um objetivo recrutar pessoas que não estão dentro da empresa, o que dá mais opções de perfil dando possibilidade de escolher o que mais atende as expectativas da vaga.:
  • Misto: É o tipo de recrutamento que a empresa opta por realizar o processo seletivo com pessoas externas e funcionários, no qual toda divulgação e condução do processo seletivo deve ser realizado de igual para igual com qualquer candidato.

Vale a pena investir em um processo seletivo para montar uma equipe focada em resultados e que seja a altura das metas que se espera que sejam batidas. Contratar pessoas só por habilidades técnicas pode custar muito caro a longo prazo!

Uma prova disso? Imagine o quanto algumas empresas estão perdendo de fechar grandes negócios devido a falta de atitude de um vendedor ou outro.

 Entenda bem o seu negócio!

Para vender bem o seu peixe você precisa primeiro conhecê-lo. Sendo assim, entenda bem o seu negócio e o valor que ele entrega para o seu cliente. E não apenas passe isso para a sua equipe mas também sempre que possível reforce.

Quando uma equipe entende bem todo o entorno e o impacto que o trabalho dela influencia nos clientes, bater metas vai deixar de ser um pesadelo, como é para muitas equipes. É assim que uma equipe focada em resultados trabalha.

Uma forma de facilitar o entendimento a respeito do negócio é fazendo uma análise SWOT que permite com que você analise as forças, as fraquezas, oportunidades e ameaças do negócio.

Outra ferramenta muito utilizada para entender o seu modelo de negócio é o Business Model Canvas, que te ajuda a identificar alguns componentes essenciais para todo negócio organizando as informações de forma bastante visual e de fácil entendimento.

Por fim, faça um planejamento e estabeleça metas atingíveis

Com uma cultura de resultados e um time que entende bem o negócio é necessário direcioná-los para o caminho certo.

Um planejamento traçará os objetivos para determinado período, bem como as metas em vendas a serem alcançadas. O time de vendas atuante nesse planejamento só fortalecerá os laços de confiança e eles se sentirão realmente parte integrante da empresa.

E estabeleça metas ousadas e desafiadoras mas também realistas. Estipular metas que serão difíceis de atingir é um passo perigoso, pois pode desmotivar os vendedores logo de início. Começar com uma meta bem realista é o mais indicado – o que não impede que em um mês seguinte a meta seja aumentada, se for verificado que há possibilidade de que isso seja feito.

Observação: 

Todos os pontos apresentados a cima nenhum deles excluem o outro, você pode trabalha-los de forma simultânea todos os aspectos dando foco para algum determinado, como a cultura por exemplo!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *